Posts com Tag ‘cinturão’

Vai Cavalo !!!

Publicado: 11 de junho de 2013 em MMA
Tags:, , , , , ,

werdum2

O UFC das finalizações não poderia terminar de forma diferente. Confronto entre dois dos melhores finalizadores de MMA do mundo. (mais…)

O canadense George Saint Pierre, maior vendedor de pay par views do UFC  retorna ao octógono depois de mais de um ano afastado para unificar o cinturão da categoria contra o parceiro de treinos e detentor do cinturão interino Carlos Condit no UFC 154. (mais…)

As chances de Vitor Belfort

Publicado: 6 de setembro de 2012 em MMA
Tags:, , ,

O brasileiro Vitor Belfort vai enfrentar o seu maior desafio dentro do octógono. Com 35 anos, “The Phenom” vai encarar o campeão dos meio pesados Jon Jones no dia 22 de setembro após muitos descartes de lutas.  (mais…)

O UFC on Fox 4 foi muito bom para os brasileiros Lyoto Machida e Mauricio Shogun. Após ambos virem de derrotas, os dois deram a volta por cima. Dana White falou que quem tivesse um bom desempenho disputaria o cinturão novamente. (mais…)

O brasileiro Renan Barão enfrentou Urijah Faber e conquistou o cinturão interino peso galo do UFC.

A luta valendo o cinturão era para ser entre o atual campeão Dominick Cruz contra Faber, porém Dominick torceu o ligamento cruzado do joelho direito, com isso Dana White escalou o brasileiro para a disputa do cinturão interino.

Enquanto o card preliminar foi bem agitado, o card principal deixou a desejar com lutas de dar sono. A torcida canadense não parava de vaiar, criticando a atuação dos atletas, mas não entendi muito até porque as últimas lutas do canadense GSP são chatas pra caramba e eles não vaiam.

Todos estavam esperando a luta principal, que foi melhor que as outras lutas do card principal.

 O brasileiro impôs o seu jogo com muitos chutes baixos, altos e na linha de cintura, controlou a distância e não deu chances ao americano, que saiu com uma costela quebrada do confronto. Vitória merecida do brasileiro por decisão unânime dos juízes.

Agora o Brasil detém quatro cinturões do UFC com Cigano, A.Silva, José Aldo e Barão. Nunca o Brasil teve quatro títulos simultâneos, isso mostra a força dos brasileiros no MMA.

Com a vitória, Barão tem a possibilidade de unificar o cinturão contra o Dominick Cruz, mas como o americano não tem previsão de retorno, o brasileiro pode defender o cinturão enfrentando outros lutadores.

Parabéns Barão, mais um título para o Brasil.

Imagem – Reprodução

Siga o Twitter – @daniel_parente

Curta a página no Facebook – Blog do Ananias

 

O brasileiro continuou com seu cinturão e de forma tranquila, não deu chances para o americano.

Frank Mir que é muito bom no chão tentou derrubar Cigano, mas não obteve sucesso. O brasileiro com socos rápidos não deixava o americano se aproximar e gostar da luta.

No segundo round, Cigano acertou em cheio o americano que ficou parecendo um bêbado no octógono, não sabia pra onde ir e o juiz encerrou a luta.

Simplesmente humilhou o americano.

O cinturão continua no Brasil e como disse Junior dos Santos no final da luta – “é Brasil porra”.

Fica a deixa para a Rede Globo que falou tanto de “abraçar” o esporte e faltou com respeito aos fãs. Ficou passando um filme ridículo e passou a luta depois de 40 minutos do término. LAMENTÁVEL!!!


Twitter – @daniel_parente

Imagens – Reprodução

Rousimar “Toquinho” Palhares, vem de uma sequencia boa no UFC com três vitórias seguidas.

Todos temem a sua chave de calcanhar e não querem enfrentar o brasileiro. Foram quatro vitórias por finalização nas suas ultimas seis lutas.

Joe Silva, casador das lutas do UFC disse que ninguém quer enfrentar o brasileiro, apenas Alan Belcher aceitou o desafio.

Mas o brasileiro quer mais, vencendo a luta de hoje contra o americano,  e com mais uma vitória contra os tops da categoria sendo Sonnen, Bisping, Mark Munoz ou Belfort, ele já pode sonhar com o cinturão de Anderson Silva.

Dos quatro que listei, o mais difícil seria Belfort, mas chances de vencer os tops Toquinho tem ou alguém dúvida??

Veja o card principal do UFC on Fox 3

Nate Diaz x Jim Miller

Josh Koscheck x Jon Hendricks

Toquinho x Alan Belcher

Pat Barry x Lavar Johnson